Candidatos a prefeito e vereador no RJ sabem apenas ler e escrever

A opção, que consta na ficha de inscrição de candidatura, livra o político da obrigação de ter que entregar à Justiça Eleitoral documentos que comprovem o seu grau de escolaridade. Os candidatos que concluíram o ensino fundamental (antigo primeiro grau) chega a 4.313. Na capital fluminense, seis candidatos a vereador pelo PCdoB declararam que somente sabem ler e escrever. Na conta do Executivo, dois aspirantes a prefeito do norte fluminense informaram o mesmo ao TRE-RJ.