Colisão de sonda russa com a Terra

Os russos declararam que a nave, que deveria recolher amostras do solo de Marte e enviá-las a Terra em 2014, não representa nenhuma ameaça ao planeta.O resto da sonda será desintegrado ao entrar em contato com a atmosfera, da mesma forma que o combustível que leva a Fobos-Grunt, que será queimado a cerca de 100 km de altura.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *